ACESSE

TJ-SP decide que, na quarentena, motel pode funcionar só para hospedagem

Telegram

Por unanimidade, a 1ª Câmara de Direito Público do TJ-SP autorizou o funcionamento parcial de um motel de Pindamonhangaba, no interior paulista, apenas para hospedagem, registra o site Conjur.

Em seu voto, o relator, Vicente Amadei, lembrou que um decreto estadual permite o funcionamento de hotéis em São Paulo durante a pandemia da Covid-19 e acrescentou que, no atual cenário, motéis podem servir de abrigo e hospedagem para profissionais como os caminhoneiros.

“Deste modo, sob ponto de vista da norma estadual, estritamente, as atividades de motel da agravante podem ser liberadas, mas apenas para hospedagem, abrigo e alimentação, como se hotel fosse”, escreveu o desembargador.

O Antagonista pondera apenas que a “utilização correta” do motel talvez seja um tantinho difícil de fiscalizar.

Leia mais: A estratégia de Bolsonaro para chegar ao fim do mandato

Comentários

  • Marcia -

    Vão formar uma comissao de fiscalização: o FiscaFoda!

  • Janete -

    Kkkkkkkkkkk

  • Hueber -

    O TJ quer que todo mundo fooda-see no Motel a noite toda!

Ler 42 comentários