TJ-SP derruba liminar que barrava privatização de Interlagos

O desembargador Ferraz de Arruda, do Órgão Especial do TJ-SP, suspendeu a decisão que impedia a tramitação do projeto de privatização do autódromo de Interlagos.

Agora, a proposta da gestão João Doria, já aprovada em primeira votação na Câmara Municipal, pode seguir para a segunda e definitiva.

O projeto havia sido suspenso na semana passada pelo mesmo desembargador. O vereador Mário Covas Neto, tucano como Doria, entrou com mandado de segurança alegando que o texto teria de ter passado primeiro pela CCJ, presidida por ele.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler 11 comentários
  1. Sou totalmente à favor dad privatizações para acabar com os cabides de empregos de parasitas. Parabéns TJ-SP.
    Bolsonaro Presidente do Brasil em 2018!!!

  2. E aquela “farinada” como essa esquerdalha gosta de falar, o Doria tem que mandar para a frente. Alimento é alimento e as famílias tem que agradecer se seus filhos recebem alimento nas escolas. Se não é filé mignon é outra história. É dinheiro público. Não gostou, manda lanchinho.

  3. Casualmente hoje liguei na CBN. Um tal de Sampaio estava sendo entrevistado falando sobre segurança alimentar. Falou sobre uma lei, não sei se é um projeto ou está vigor, sobre a obrigatoriedade da prefeitura de São Paulo comprar alimentos orgânicos paras as escolas. Se está em vigor o prefeito Doria tem que vetar ou mandar algum outro projeto para extinguir essa aberração. O alimento orgânico não tem nenhuma vantagem nutricional sobre qualquer outro alimento. Ao contrário, tem um custo 3 vezes maior. A prefeitura não pode gastar dinheiro público para comparar alimentos caros sem nenhuma vantagem só porque tem uns esquerdinhas que querem porque querem.

  4. Seja Interlagos privatizada o mais rápido possivel, será ima despesa a menos para o erário municipal. Entretanto é necessaria a rapidez , pois em Sampa tem um secretario do Sr Doria, um tal de Avelleda que pode querer implantar uma ciclovia no circuito….

Os comentários para essa notícia foram encerrados.