Todas as campanhas foram ilegais

Na campanha de 2002, a campanha de Lula foi irrigada com dinheiro do exterior. Em 2006, a campanha de Lula recebeu 4 milhões de dólares da Odebrecht, propina oriunda da negociata de Pasadena. Também recebeu 2,5 milhões de reais no caixa 2 de Ricardo Pessoa, outro big boss do petrolão.

Em 2010, a campanha de Dilma Rousseff recebeu 2 milhões de reais de Fernando Baiano, via Antonio Palocci, provenientes do petrolão. Em 2014, a campanha de Dilma Rousseff foi movida a pedaladas eleitoreiras, como provou o TCU, e ganhou 7,5 milhões de reais de Ricardo Pessoa, lavados “por dentro”.

Todas as campanhas vitoriosas do PT para a Presidência da República foram ilegais.

Faça o primeiro comentário