Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Todo o dinheiro que foi gerado a partir dos nossos votos vai ficar lá"

Parte da ala bolsonarista do PSL deve migrar no ano que vem para o Patriota, provável futuro partido do presidente da República
“Todo o dinheiro que foi gerado a partir dos nossos votos vai ficar lá”
Foto: Reprodução/Redes sociais

Jair Bolsonaro, como noticiamos, disse hoje que “está quase certo” que ele se filiará ao Patriota, como O Antagonista antecipou.

Parte da bancada de deputados bolsonaristas hoje no PSL, partido pelo qual Bolsonaro foi eleito presidente em 2018, deve acompanhar o presidente, quando houve a abertura da chamada “janela partidária”, em março do ano que vem.

A turma vai deixar uma dinheirama para trás.

Em 2020, o PSL recebeu R$ 199 milhões de fundo eleitoral, a segunda maior entre os partidos, atrás apenas do PT. Esses montantes são definidos com base no tamanho da bancada na Câmara.

“Todo o dinheiro que foi gerado a partir dos nossos votos vai ficar lá”, afirmou a O Antagonista, em reservado, um deputado da ala bolsonarista do PSL. “Fazer o quê?”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO