Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

“Todos os partidos têm problemas”, diz Bolsonaro, sobre o PL

Presidente declarou a apoiadores que optou pela sigla de Valdemar Costa Neto após não conseguir montar seu próprio partido: "A política é isso aí"
“Todos os partidos têm problemas”, diz Bolsonaro, sobre o PL
Foto: Youtube

Em conversa com apoiadores há pouco na saída do Palácio da Alvorada, Jair Bolsonaro (foto) rebateu as críticas relacionadas à sua futura filiação ao PL de Valdemar Costa Neto.

Em um passado não muito distante, o próprio Bolsonaro disse que Valdemar era “corrupto e condenado”. Agora, o presidente da República minimizou a situação.

“Devo decidir essa semana [a filiação ao PL]. Tem que ter um partido. Vão me criticar: ‘Ah, e esse partido?’ Todos os partidos têm problemas. Eu não consegui fazer o meu e foi impossível ter um partido”, disse Bolsonaro.

O presidente da República afirmou que faltam apenas alguns acertos de caráter estadual. Como mostramos ontem, no acordo para fechar a filiação de Jair Bolsonaro ao PL, Valdemar Costa Neto garantiu ao presidente da República a indicação de nomes seus ao Senado.

“Está quase certo com o PL. Tem mais alguma conversa para acertar um Estado ou outro, para a gente partir para as eleições. Vamos priorizar, da minha parte, o Senado. Não queiram tudo, o partido não é meu. Tem uma outra pessoa lá que fez um acordo comigo e temos que alinhar aos nossos objetivos”, disse o presidente.

Por fim, ele ressaltou:

“A política é isso aí. O pessoal quer mudar tudo de uma hora para outra, quer eleger o candidato dele, bacana. Mas cada um tem um voto.”

Mais cedo, em entrevista ao site Cidade Online, Bolsonaro já havia defendido sua filiação a um partido do Centrão.

“Se você tirar o Centrão, tem a esquerda, para onde é que eu vou? E tem que ter um partido se eu quiser disputar as eleições do ano que vem. Eu não leio jornal, pessoal traz para mim uma matéria ou outra”, disse o presidente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO