Toffoli autoriza depoimento de Milton Ribeiro sobre "famílias desajustadas"

Dias Toffoli autorizou que a Polícia Federal tome o depoimento do ministro da Educação, Milton Ribeiro, para que explique a declaração de que adolescentes homossexuais são de “famílias desajustadas”.

No mês passado, a Procuradoria-Geral da República pediu ao Supremo a abertura de inquérito por suposta prática de homofobia, crime equipado ao racismo.

Toffoli ainda não autorizou a abertura da investigação, mas deferiu o interrogatório “para
que possa instruir eventual pedido de instauração do inquérito”.

Em nota divulgada em setembro, após o pedido da PGR, Milton Ribeiro, afirmou que sua declaração foi retirada de contexto.

“Quanto à reportagem veiculada no jornal ‘O Estado de São Paulo’, venho esclarecer que minha fala foi interpretada de modo descontextualizado. Jamais pretendi discriminar ou incentivar qualquer forma de discriminação em razão de orientação sexual.”

Leia mais: O combate à corrupção parece estar sob ameaça mais uma vez no Brasil. Clique aqui para ler na íntegra
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 12 comentários
TOPO