ACESSE

Toffoli defende supervisão judicial para coibir 'investigações de gaveta'

Telegram

No voto sobre os limites do repasse de dados financeiros ao Ministério Público, Dias Toffoli defendeu a supervisão judicial para coibir “investigações de gaveta que servem apenas para assassinar reputações”.

“Talvez o mais importante aqui seja a questão da supervisão judicial para evitar abusos de investigações de gaveta que servem apenas para assassinar reputações sem ter elemento ilícito nenhum. Isso pode ser utilizado contra qualquer cidadão, contra qualquer empresa, e isso é nosso dever coactar”, afirmou o ministro.

A transação suspeita que fez Léo Pinheiro, um dos pivôs do petrolão, citar Dias Toffoli em sua delação. Saiba mais

Comentários

  • ANTONIO -

    Pode começar indicando aqueles juízes da Bahia que estiveram recentemente no noticiário policial.

  • LIGIA -

    Penso q nenhum juiz poderia autorizar investigação contra Tofolli. Há hierarquia tb nas ações contra juízes de outras instâncias. Com essa condicionante, ministros do STF jamais serão investigados.

  • Carmen -

    NO fundo esse STF funciona apenas como UMA BANCA DE ADVOGADOS p/defender criminosos. Se desdobram p/encontrar pelos em ovos e livrar a cara de bandidos. FECHA ESSA MERDA!

Ler 33 comentários