Toffoli desrespeita decisão do próprio STF

Ao suspender processos e inquéritos abertos com base em dados da Receita ou do Coaf, Dias Toffoli ignorou decisão recente do plenário do STF, que permitiu à Receita acessar dados bancários de contribuintes para fiscalizar, por exemplo, sonegação de tributos.

O placar foi de 9 votos a 2 e o próprio Toffoli votou a favor da constitucionalidade da lei que permite esse acesso, desde que a Receita mantenha o sigilo dos dados.

Comentários

  • Almir -

    Trata-se de um Powteiro, a casa da Mãe Joana !

  • CRISTIANO -

    Al Capone jamais seria preso no Brasil... O império da barbárie dos sem lei continua... Protagonizado pelo presidente c-ana lha da maior instância da "Justiça Brasileira"

  • NICOLINO -

    Vergonha!

Ler 130 comentários