Toffoli é um bom companheiro

Dias Toffoli aceitou pedido de Gleisi Hoffmann para ingressar como assistente da Mesa do Senado na reclamação contra a busca e apreensão em seu apartamento funcional.

Toffoli ignorou parecer da PGR.

Gleisi alega usurpação da competência do Supremo pelo juiz da Sexta Vara Federal de São Paulo, que autorizou a Operação Custo Brasil. O objetivo da petista é um só: invalidar as provas obtidas em seu apartamento.

Faça o primeiro comentário