ACESSE

Toffoli isenta Mendonça por dossiê: "Não era algo que ele criou"

Telegram

Em seu voto contra o dossiê elaborado no Ministério da Justiça sobre antifascistas, Dias Toffoli isentou de responsabilidade o atual titular da pasta (e amigo), André Mendonça.

“Registro aqui as menções feitas à atuação absolutamente escorreita e correta do ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça. É necessário registrar, dou o testemunho de 20 anos que conheço esse servido público da maior qualidade. Como presidente do STF, registro a atuação de sua excelência: atuou da maneira mais correta e deu toda a transparência a esse STF.”

Não podemos fazer injustiças com pessoas que dedicam a vida pública ao estado brasileiro de maneira correta. Faço questão de registrar mesmo. Mostrou que não era algo que ele criou. Governos anteriores tinham, ministros da Justiça anteriores tinham”, completou depois.

Foto: Nelson Jr./SCO/STF

Leia mais: Foro privilegiado: o STF dividido de novo

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 60 comentários