Toffoli: "O sistema de Justiça brasileiro não pode parar"

Toffoli: “O sistema de Justiça brasileiro não pode parar”

Após a sessão que reduziu as sessões presenciais e ampliou as virtuais no STF, Dias Toffoli pediu aos demais tribunais que mantenham esquemas de funcionamento para não parar as atividades durante a pandemia do novo coronavírus.

“Os órgãos judiciais, por seu turno, precisam adotar providências efetivas de proteção da saúde de seus ministros, juízes, servidores e colaboradores, tais como o trabalho remoto, medida amplamente adota pelos órgãos judiciais do país”, disse.

“No entanto, o sistema de Justiça brasileiro não pode parar. O Poder Judiciário – juntamente com os Poderes Executivo e Legislativo – precisa estar a postos para atender às demandas que surgirão nesse delicado período”, acrescentou em seguida.

Leia também: Coronavírus: Informação precisa e fidedigna é ainda mais importante.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 19 comentários
TOPO