ACESSE

Toffoli recebe pedido de Lula para travar ação do instituto

Telegram

Foi enviado a Dias Toffoli, que está de plantão no STF, um novo pedido de Lula para travar a ação penal em que é acusado de receber R$ 12 milhões da Odebrecht por meio de um terreno para sediar seu instituto.

Desde o fim do ano passado, a defesa do ex-presidente tenta suspender o processo — que está pronto para sentença na primeira instância — alegando que a Odebrecht adulterou dados das planilhas que registram os pagamentos de propina, antes de entregá-las ao Ministério Público.

O pedido já foi negado em todas as instâncias, inclusive por Edson Fachin, no Supremo.

A defesa alega agora que o mérito da questão já foi analisado pelo STJ, numa decisão de março de Felix Fischer, que rejeitou o habeas corpus.

A PGR já opinou no processo pela rejeição do pedido, afirmando que perícia da Polícia Federal já atestou a integridade e autenticidade dos arquivos que envolvem Lula.

Foto: Nelson Jr./SCO/STF

Leia mais: OS NEGÓCIOS DE LULINHA: NÃO TEM CRISE PARA O 'FENÔMEMO'

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 58 comentários