Toffoli retira do STF 7 processos contra deputados

Um dia depois da decisão do STF que restringiu o foro privilegiado para parlamentares federais, Dias Toffoli enviou para instâncias inferiores seis ações penais e um inquérito envolvendo deputados no exercício do mandato.

Segundo a Agência Brasil, o alvo do inquérito, que corre em segredo de Justiça, é Wladimir Costa (SD-PA), o deputado da tatuagem, processado por tráfico de influência.

As ações penais envolvem os deputados Alberto Fraga (DEM-DF), Roberto Góes (PDT-AP), Marcos Reátegui (PSD-AP), Cícero Almeida (PHS-AL), Helder Salomão (PT-ES) e Hidekazu Takayama (PSC-PR).

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler comentários
  1. Guto disse:

    Ué... Não mandou o processo e/ou inquérito contra o Bolsonaro? Mandinga pro "Supremo Tribunal Falcatrua" tentar cassar seu mandado?

  2. Vivandeira Alvoroçada disse:

    TAPEAÇÃO! Só o baixo clero! Nada de Renan, nem Temer... Logo, logo Lula subirá pro STF, JÁ QUE PRATICOU SEUS CRIMES QUANDO ERA PRESIDENTE DA REPÚBLICA.

  3. Bobina disse:

    E a Dilmona vai ficar esquecidinha na gaveta?Ela sempre rosnava que a republica tinha um Engavetador Geral. Estava falando a verdade. Caramba, ele presta serviço tb para Dilma agora.

  4. Francisco Coutinho disse:

    Roberto Góes é do PDT Amapá

  5. Lima disse:

    Só peixe pequeno!!! Kd os grandes??? Há um cheiro podre no ar!!!

  6. Gilson disse:

    A ideia toffoli é criar desde já criar controvérsia em relação ao tema "em função do cargo", uma vez que "tráfico de influência", no caso do deputedo tatuado, se dá exatamente em função do cargo que ocupa. Não creio que haja "tráfico de influência" fora do cargo.

  7. Veja aí disse:

    Esse Marcos Reátegui (PSD-AP), é acusado de corrupção e lavagem de dinheiro – o crime teria sido cometido quando ele era procurador-geral do estado do Amapá, entre 1997 e 2000, antes de assumir o mandato de parlamentar federal, em 2015.

  8. E a Dilma????? disse:

    Para onde o processo dela vai???

  9. Ronaldo disse:

    Temos ser um cidadão fiscal junto com toda midia, TV acompanhar em seus estados se os processos estão sendo ajuizados e processados, se ficar parado nada adiantou, vamos pra cima desses corruptos, se depender da nossa justiça caduca.

  10. Eduardo disse:

    Apesar de aplaudir esta decisão , infelizmente ela só comprova o que já sabemos que este ministro é um leviano . Pra que pedir vista senão para proteger corruptos esse assunto podia este resolvido meses atrás . Ele quando quer e rápido e quando quer sabe ser justo pena ser vingador de corruptos

  11. Sonia Racy disse:

    A decisão de ontem do STF que restringiu o foro privilegiado não deve levar à desistência de candidaturas dos políticos interessados em manter seus processos no Supremo, segundo advogados de partidos ouvidos pela coluna. . A partir do que a corte votou, é grande ainda a incerteza – avaliam – sobre o que pode acontecer com cada processo. Não é seguro dizer, por enquanto, que todos vão descer às instâncias inferiores. . Esses advogados entendem que há margem para argumentar pela permanência dos processos no STF.

  12. Baixo clero? disse:

    Todos do baixo clero. Queria ver TODOS os processos que estão nas mãos de Tofoli!

    1. Os demais permanecem com Foro... ou seja os corruptos de verdade não foram atingidos