Tornozeleira não combina com roupa curta

A defesa da doleira Iara Galdino, presa na primeira fase da Lava Jato, pediu ao TRF-4 para tirar a tornozeleira eletrônica.

Motivo alegado: a tornozeleira estava “machucando, causando alergia e coceiras, bem como estigmas preconceituosos, impedindo que a ré use roupas curtas ou frequente a praia”.

Iara trabalhava com Nelma Kodama, também delatora da Lava Jato e portadora de tornozeleira. O TRF-4 não se compadeceu de sua aflição e negou o pedido.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

Ler mais 66 comentários
  1. O querida é uma condenada, deveria estar atrás das grades, como todo brasileiro comum que comete qualquer crime inferior ao dela, esta na mordomia de ficar com uma tornozeleira e ainda reclama ? É impressionante a cara de pau deste pessoal.

  2. A ideia é essa mesmo, a senhora está condenada, praia, restaurantes, etc, é para gente livre, que não cometeu crime.
    Para alergia à tornozeleira tem remédios ótimos, não cometer crime.

  3. . . . causando estigmas preconceituosos . . .
    É o quê toda a “canalhada vagabunda” (adjetivo coletivo de gênero indeterminado) que roubou e se locupletou do meu dinheiro, merece!!!!
    A sociedade de bem se sente desobrigada dos pudores quando se trata de ladravazes do dinheiro público.
    Aos brasileiros de bem é reconfortante identificar na praia que alguém portando tornozeleira eletrônica, não é exótica, é devedora da sociedade.
    E deveria voltar para casa a lamber as próprias feridas e espiar seus pecados.
    A luz do sol brilha mais para os corretos.

  4. IARA ,CONSULTE O MODELITO: https://www.google.com.br/search?q=tornozeleira+eletr%C3%B4nica+de+monitoramento&tbm=isch&tbo=u&source=univ&sa=X&ved=0ahUKEwjGrOmr-aPaAhXTl5AKHRR8BQEQ7AkIhwE&biw=1707&bih=816&dpr=1.13

    1. Ou uma coleira? Um piercing? Alguma coisa com design by Milão ou Paris. Já imaginou? Alto padrão pra ‘clientes’ exigentes… kkkkkkkkkkkkkk

  5. Ué, aproveita a moda das saias longas e da Moda Burkini para a praia, para sair e abafar querida!!!!
    VTNC!! Só faltava essa, presa por corrupção que deveria estar lavando privada na cadeia, querer pagar de It Girl!! E com a advogada Personal Stylist na cola….
    Façam-me o favor!! É a isso que chamam de democracia?…

  6. Realmente as Pessoas perderam a noção, para fazerem um pedido dessa natureza ao TRF4 ela deveria usar duas tornozeleiras, para combinar com sua figura horrorosa!

  7. Determinados “juízes” do STF, por uma questão humanitária, defeririam o pedido da condenada para retirar a tornozeleira eletrônica e poder mais facilmente usar roupas curtas e ir à praia. Impedir que uma condenada por corrupção use minissaia ou short e vá à praia atenta fortemente contra os fundamentos do Estado democrático de direito

  8. Já tem capinha de tornozeleira com estampas variadas. A lojinha da Netflix no aeroporto de Brasília tem várias. Se precisar de calcinha cofre de dólar tem também.

    1. Que tal um blog para os portadores da tornozeleira ensinando cuidados com a pele irritada? Ou como faze-la mais fashion? Vai dar um inope enorme! Kkkk