Torquato responde aos ‘críticos mais ácidos’

Torquato Jardim, ministro da Justiça, convocou uma coletiva para tentar explicar o generoso induto natalino de Michel Temer.

Ao iniciar sua falar disse que a intenção era responder aos “críticos mais ácidos”.

“Não vamos nominar ninguém, vocês sabem todos quais são.”

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 24 comentários
  1. Sabemos!
    É sua excelência, o povo brasileiro!
    Os mesmos cidadãos que pagam todos os custos, do executivo, legislativo, judiciário e de quebra ainda arcam com o prejuízo da corrupção.
    E como pagadores, estamos ácidos feito limão.

  2. Ah,então somos nós,brasileiros de bem,que tecemos críticas ácidas contra a soltura de ladrões com o lindo nome de “indulto de natal”, que recebemos essa sua resposta. Então respondo ao Sr,autoridade que solta bandido, e tão bandido quanto.

  3. Não sei não ministro . . . aliás, estou esperando até hoje o nome aos bois dos comandantes da PM do Rio e dos políticos mancomunados com o crime organizado.
    Os seus testículos encolheram ministro???
    O senhor não consegue justificar tal ato apenas e tão somente por . . . falta de vergonha na cara e pior, covardia.
    O SENHOR, MINISTRO, NÃO PASSA DE UM COVARDE EM POSTO PRIVILEGIADO . . . JAMAIS POR MÉRITO!!!!
    PASSE OS FERIDOS DE NATAL E ANO NOVO NO RIO GRANDE DO NORTE.
    OUVI DIZER QUE LÁ O INDULTO TÁ CORRENDO SOLTO!!!!
    CANALHA!!!!

  4. esse torquato deveria ser ministro da injustiça!
    só sabe dar cobertura para bandido!
    ele se esquece que deve satisfação ao povo que é roubado, espoliado, sacrificado e não aos bandidos!

  5. .
    “”” “”” … … aos “críticos mais ácidos”. … … “”” “””
    .
    pela vez primeira, estou sabendo que comentar
    as maracutaias, as bandalheiras, as roubalheiras,
    as etc. etc. etc., fosse crítica ácida.
    .
    mas, na verdade, a CONIVÊNCIA é também
    maracutaia, bandalheira, roubalheira.

  6. Antigamente os filmes estrangeiros mostravam ladrões fugindo para o Brasil, principalmente para o Rio de Janeiro. Tínhamos vergonha, riamos. Até o Ronald Biggs tornar mais verdadeira a informação. Já era um grande problema na época. Hoje está tudo dominado. Os bandidos estão em toda parte. Começando pelo poder máximo do país. Os três poderes da república foram infectados. Quando um ministro como o Barroso tem a coragem de falar é por que não tem mais jeito. Quem sabe se uma parte das forças armadas ainda não se contaminou. Estamos enfermos por um vírus fulminante! Precisamos de tratamento de choque!

  7. Essa gentalha pmdbista presenteiam com indulto natalino aqueles que consideram seus iguais. Temer, seu corpo já sente por dentro a resultante de seus atos apodrecidos por fora. Gilmar Mendes é Torquado, prostitutinha do dinheiro e poder sem absolutamente nenhuma ligação com a terra mad.