ACESSE

'Trabalhei muito no enfrentamento da corrupção', diz Raquel Dodge

Telegram

A cinco dias do fim do mandato, Raquel Dodge defendeu-se das críticas de que teria atuado de forma mais branda na Lava Jato do que seu antecessor, Rodrigo Janot, informa O Globo.

“A maior parte das peças que ajuizei no STF estão sob segredo de justiça, são sigilosas. No tempo próprio, elas expressarão o empenho com que eu trabalhei no enfrentamento da corrupção”, disse a PGR ao deixar o Supremo hoje.

“Empenhei-me muito em sustentar todas as teses necessárias para o enfrentamento da corrupção. Então, nesse sentido, estou com muita clareza e muito convencimento pessoal de que apoiei intensamente esse trabalho”, acrescentou Dodge.

OUTUBRO: O DESMONTE DO BRASIL QUE A LAVA JATO TENTOU CONSTRUIR? SAIBA MAIS AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 142 comentários