ACESSE

Trabalho para 'revogar decreto ambiental' e transformar a Baía de Angra, diz Bolsonaro

Telegram

Em live, Jair Bolsonaro afirmou há pouco que trabalha para “revogar um decreto ambiental” e transformar a Baía de Angra em um “grande polo turístico”.

“A gente depende do Parlamento para muita coisa. Estou trabalhando para ver se a gente consegue revogar um decreto ambiental (…). A Baía de Angra: tem um decreto ambiental que, em 29 acidentes geográficos, em um raio de 1 km, você não pode fazer nada (…). E nós queremos fazer na Baía de Angra um grande polo turístico.”

E acrescentou:

“Se você estiver morrendo, não vá para aquela ilha. Vá para o alto mar. Se o pessoal do ICMBio estiver lá, você vai ter problema, como eu já tive no passado. Foi um problema fantasma, porque eu estava em Brasília e falaram que eu estava lá.”

Bolsonaro também pediu que o presidente da Embratur, Gilson Machado, avaliasse naufragar um navio na praia próxima à sua casa no Rio, para estimular o “mergulho de contemplação”.

“Me deixa fazer um pedido para você, atende se quiser. Eu tenho uma casa na Lúcio Costa, na Barra da Tijuca, 3.100. Ali tem um hotel Sheraton, tem outro hotel lá, o Windsor. Tem mais hotéis na barra. Aí por exemplo: não só ali, mas na costa do Brasil todo (…). Seria bom afundar navios na frente desses hotéis? Qual é a vantagem para o turismo, para a rede hoteleira?”

Assista ao vídeo:

Leia mais: Bolsopetismo pró-impunidade: a aliança para enterrar a proposta de prisão após condenação em segunda instância

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 16 comentários