A trama de Lula e Dilma para obstruir a Lava Jato

Antonio Palocci ofereceu ao MPF algumas provas de que Lula e Dilma Rousseff tentaram obstruir a Lava Jato.

Diz o Valor:

“Aos anexos de informações foram juntados registros oficiais de reuniões que Palocci afirma ter mantido com Lula e com pessoas ligadas ao governo Dilma Rousseff. Nessas ocasiões, se teria discutido ‘opções’ para barrar o andamento da Lava Jato.

Ao explicar como Lula teria tramado para tentar parar a Lava Jato, Palocci apontou ainda a participação de outras pessoas ligadas ao petista e à ex-presidente Dilma Rousseff.”

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

  1. Quando do TERMO DE POSSE de Lula aquela foi a maior prova de todas, um crime divulgado pelo Moro que o STF fingiu não ver. Brasil um país de INSTITUIÇÕES falidas, uma ABERRAÇÃO.

  2. Ler mais 22 comentários
    1. Quando do TERMO DE POSSE de Lula aquela foi a maior prova de todas, um crime divulgado pelo Moro que o STF fingiu não ver. Brasil um país de INSTITUIÇÕES falidas, uma ABERRAÇÃO.

    2. Infelizmente o Janot se vendeu ao final do jogo, para garantir uma aposentadoria ainda mais gorda…. e dedta forma ajudou a livrar o Temer. Agora a denuncia contra ele esta completamente desmoralizada!

    3. O brasileiro vai lavar a alma quando o Palestrante condenado chutar a macumba advocatícia que assessorou ele nesses anos todos de amizade; cuspir no genro do macumbeiro e correr pro MPF-Curitiba pra delatar tudo. Daria um livro de caguetagem nacional e internacional. Nem precisaria do fotógrafo baba-ovo atrás. Em troca livrava os guris, esposas e netos. Lu la lau, brilha uma estrela! Lu la lau…

    4. O “Paloffi” foi milimétrico. A altivez nas atitudes e afirmações não deixou qualquer dúvida. Sabia e ainda sabe de mais coisas. No entanto, é muito fácil a tentativa de desmentir as verdades vindas dos acusados. É somente para ganhar tempo, para não precipitar a agonia. Se Deus quiser e, o Judiciário também, haveremos de ter início de um novo tempo para esse povo cansado de só pagar e quase nada receber.

      1. “…Dos filhos deste solo és mãe gentil, Pátria amada, Brasil!”
        Ainda há esperança, Sissy! Oremos, trabalhemos e vigiemos. Amém!

    5. Desconstruindo Janot:
      As datas das gravações que demonstram a participação de Miller e de seu desligamento da PGR não deixam margem a dúvidas. Janot, por sua vez, foi pilhado nas gravações sob a acusação de estar ciente de cada passo do malfeito. Vai ter de se explicar. O titular da PGR enroscou-se na ideia fixa de entrar para a história mirando alvos da República com munição de origem duvidosa. Em busca de troféus e de uma aposentadoria gloriosa, não mediu ambições. Engendrou acordos espúrios com ladravazes da praça. Deu-lhes guarida e imunidade, na forma de benefícios extraordinários – imorais mesmo! Ignorou a fragilidade das provas e da armação que se erguia ao seu redor. Tombou atingido pelas suspeitas de colaboração do subordinado próximo. Só podia dar no que deu.

      1. ALGUMAS AÇÕES DE JANOT:
        1) submeteu ao STF um acordo de colaboração, denunciando mais um sistema corrupto infiltrado no país, que provavelmente será revisto, tirando as benesses concedidas ao colaborador criminoso;
        2) pediu investigação contra um presidente (Dilma – PT – em razão da nomeação de Marcelo Navarro para o Superior Tribunal de Justiça – STJ);
        3) denunciou um presidente em exercício (Temer-PMDB);
        4) pediu ao STF prisão preventiva de parlamentar (Delcídio do Amaral, então líder do PT no Senado);
        5) pediu ao STF a prisão de um presidente do Senado (Renan Calheiros);
        6) pediu o afastamento de um presidente da Câmara (Eduardo Cunha);
        7) ofereceu denúncia contra Lula – aliás, foi a primeira denúncia contra Lula na LavaJato;

      2. Até quando os ladrões do mercado, os parlamentares corruptos e os brasileiros acovardados vão se submeter a esse sistema medieval e primitivo de governança? Até quando seremos governados pela figura do Príncipe descrito por Maquiavel, inspirado nos Bórgias, que foram papas corruptos, violentos e medievais?

      3. “E o ‘inimigo dos heróis’ não deixou: “Gilmar Mendes suspende nomeação de Lula como ministro da Casa Civil”
        http://g1.globo.com/politica/noticia/2016/03/gilmar-mendes-suspende-nomeacao-de-lula-como-ministro-da-casa-civil.amp
        @BlogOlhoNaMira
        __
        E Janot deu parecer favorável.

      4. “Desespero das viúvas de Janot: Geddel, preso por crime no governo Dilma, é a flecha q sobrou contra o mordomo… Não desanimem: fora Geddel!”
        @GFiuza_Oficial

        “Enganot, o enganador de otário, flagrado em golpe de estado, solta flechinha contra a quadrilha q protegeu por 4 anos e… engana os otários”
        @GFiuza_Oficial

      5. “Janot procurou se colocar diante dos brasileiros como uma espécie de vítima, alguém que fora traído por um auxiliar que gozava de sua absoluta confiança. Não é o caso. Janot, na verdade, foi mentor de toda a farsa.”

        A última flechada de Janot
        http://istoe.com.br/ultima-flechada-de-janot/

        O senhor das flechas
        http://istoe.com.br/o-senhor-das-flechas/

      6. Antes de qualquer coisa, desconstrua a si mesmo.
        Os lacaios e corruptos acordaram, e teve gente que disse que emendaram o feriado.
        Um agente público acima de qualquer suspeita para vocês deve ser gilmar mendes, que nunca vi vocês (lacaios e corruptos, e os ignorantes) falarem uma palavra sequer, embora este seja decisivamente um indivíduo inescrupuloso e atente contra a sociedade e seu cargo quase que diariamente.

    6. Campanha para premiação da delação de Palocci. Palocci era um dos poucos petistas na cúpula que tinha “noção” das coisas. Isto não o impediu de chafurdar na lama, mas não podemos esquecer que teve delator que recebeu premiação com muito menos do que o depoimento de Palocci.

    7. Olá antagonistas!! Busquem com suas fontes na PF e MPF sobre o depoimento do Joesley onde este teria afirmado que se for preso mostrará duas gravações uma com a Dilma onde a o detalhamento de articulações da presidenta com Janot e outra gravação com o próprio Janot onde eles acordam a seletividade da sua delação. Apurem e sejam os primeiros a noticiarem!! ABS

      1. E vai desdizendo aquele arremedo de procurador, de nome Marx.
        Setembro vem trazendo a boa nova, como canta Beto Guedes.