Transparência diz “não” para a GDK

A Época informa que o Ministério da Transparência negou pedido da GDK Engenharia para que a construtora voltasse a firmar contratos com órgãos públicos.

Investigada na Lava Jato, a empreiteira — a mesma que presenteou Silvinho Land Rover com um carro — foi considerada inidônea por ter repassado US$ 200 mil a Pedro Barusco, então gerente da Petrobras.

Faça o primeiro comentário