Transportadora controlava entrega de propina da Odebrecht a Paes, diz MP

Transportadora controlava entrega de propina da Odebrecht a Paes, diz MP
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Na investigação contra Eduardo Paes, a partir das delações da Odebrecht, o MP do Rio identificou uma planilha de controle de entrega das propinas pela transportadora.

De acordo com a denúncia apresentada contra o ex-prefeito, o dinheiro era entregue a pedido do doleiro Álvaro Novis, o “Carioquinha” das planilhas da empreiteira, pela transportadora Trans-Expert, em endereços ligados ao publicitário Renato Pereira, que trabalhou na campanha de reeleição de Paes, em 2012.

Segundo a denúncia, essas guias eram acompanhadas de anotações que confirmam os cronogramas e programações de pagamento informadas pelos delatores da Odebrecht aos investigadores da Lava Jato:

Eduardo Paes é acusado pelo MP do Rio de receber R$ 10,8 milhões em propina da Odebrecht para favorecer a empresa em contratos das Olimpíadas de 2016 e da Copa do Mundo de 2014. Ele teve a denúncia recebida pela Justiça Eleitoral hoje.

Leia mais: O TROFÉU DOS INIMIGOS DA LAVA JATO
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO