TRE-BA arquivou investigação contra Wagner

Patrícia Kertzman Szporer, juíza do TRE da Bahia, arquivou monocraticamente na semana passada processo contra Jaques Wagner que tratava dos mesmos fatos narrados na operação de hoje da PF, relata Lauro Jardim.

Originário da Lava Jato, o processo –em que delatores narraram o pagamento de US$ 12 milhões em propina– foi encaminhado ao TRE-BA pela Justiça Federal no estado. A Procuradoria Regional Eleitoral recomendou a remessa para a PF, para abertura de inquérito.

A juíza, porém, não viu elementos que justificassem a medida.

“Não há que se falar em instauração de inquérito policial, ressalvada a possibilidade de procedimento apuratório se, em algum momento, surgirem indícios concretos, e não meras conjecturas desprovidas de amparo na realidade fática, que o justifiquem”, escreveu Patrícia.

Comentários

  • Rene -

    Esse "ressalvada a possibilidade de procedimento apuratório se," é um claro "lavo minhas mãos..."

  • Iramar -

    Mandem investigar a juíza que vão encontrar coisas estranhas. Alguma dúvida nisto?

  • victor -

    Um país chamado Bahia.

Ler 80 comentários