TRE-RJ mantém Rosinha Garotinho inelegível

O TRE-RJ manteve a inelegibilidade, por oito anos, de Rosinha Garotinho e sua condenação por abuso de poder político e econômico nas eleições de 2016, informa o G1.

Segundo a decisão de hoje, a ex-governadora do Rio participou de um esquema de concessão e distribuição, de forma fraudulenta, do programa assistencial Cheque Cidadão em Campos dos Goytacazes, visando à obtenção de votos.

A defesa de Rosinha alegou “perseguição política” e informou que vai recorrer ao TSE.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 8 comentários
  1. A família Garotinho está bem calçada financeiramente e não precisa mais de política.
    Os objetivos iniciais foram atingidos e agora é só correr para a galera.
    Cadeia neles!

  2. Finalmente! E o marido? Garotinho está tentando se eleger entre uma prisão e outra, e a mídia diz que tem o apoio de Crivella? Será? Só faltava ao Crivella se unir ao Garotinho!