TRF-2 julga Bretas por participação de atos com Bolsonaro

O Órgão Especial do TRF da 2ª Região começa agora o julgamento de um processo disciplinar contra o juiz Marcelo Bretas.

Ele é acusado de falta funcional por ter participado de eventos com o presidente Jair Bolsonaro, o que violaria a Lei Orgânica da Magistratura (Loman).

O desembargador André Fontes se declarou impedido para julgar o caso. A mulher dele, a advogada Ana Basílio, é uma das rés no processo da Operação E$quema S, cujo juiz é Marcelo Bretas.

Leia mais: EXCLUSIVO: A APURAÇÃO SOBRE A LIGAÇÃO DO MINISTRO DIAS TOFFOLI COM A ODEBRECHT E A OAS
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 25 comentários
TOPO