TRF-4 mantém pena de Marcelo Odebrecht

O TRF-4 julgou recurso de Marcelo Odebrecht e manteve a pena imposta a ele por Sergio Moro, de 19 anos e quatro meses de reclusão por corrupção ativa, lavagem de dinheiro e associação criminosa, registra o Estadão.

A decisão, porém, não altera as condições do acordo de delação premiada que Marcelo fechou com a força-tarefa da Lava Jato –ele foi preso em 2015, mas desde dezembro de 2017 está em prisão domiciliar.

Renato Duque, ex-diretor da Petrobras, recorreu no mesmo processo e teve sua pena diminuída –de 20 anos, três meses e dez dias para 16 anos e sete meses de reclusão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 3 comentários
    1. Tem razão, Silvana. E nada de soluções mágicas, com fadas-militares perfumando o ambiente. A solução é defender que a lei valha para todos.