ACESSE

TRF-4 nega embargos de Genu

Telegram

A 4ª seção do TRF-4, reunida hoje, rejeitou por unanimidade embargos infringentes de João Claudio Genu, ex-assessor do PP.

Genu foi condenado por Sérgio Moro, em 2016, por corrupção e associação criminosa. Recorreu à 8ª turma, que aumentou sua pena para 9 anos e 4 meses de prisão.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 5 comentários