TRF-4 nega embargos de Genu

A 4ª seção do TRF-4, reunida hoje, rejeitou por unanimidade embargos infringentes de João Claudio Genu, ex-assessor do PP.

Genu foi condenado por Sérgio Moro, em 2016, por corrupção e associação criminosa. Recorreu à 8ª turma, que aumentou sua pena para 9 anos e 4 meses de prisão.

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Cláudio disse:

    UXVlIHZvbHRlIHByYSBjYWRlaWEgdXJnZW50ZW1lbnRlISEhISEh

Ler comentários
  1. analu disse:

    ySBlc3NhIHNl5+NvIHF1ZSBlc3ThIHNlZ3VyYW5kbyBvcyBlbWJhcmdvcyBkbyBa6SBEaXJjZXU/

  2. Guerreiro disse:

    TyBUcmlidW5hbCBSZWdpb25hbCBGZWRlcmFsLTQgIG7jbyBuZWdhIGZvZ28uIFNlZ3VlIG5hIHRhcmVmYSDhcmR1YSBkZSBtb3JhbGl6YXIgIGEgTmHn428uIFBhcmFi6W5zIGRpZ25vcyBEZXNlbWJhcmdhZG9yZXMu

  3. Sarcástico disse:

    RSBvIGRvIERpcmNldSBxdWFuZG8gc2FpPw==

  4. TNT disse:

    Q2h1cGEgR2VudSEgVuEgcGFyYSBhIGNhZGVpYSBxdWUg6SBvIHNldSBsdWdhci4=