ACESSE

TRF-4 nega pedido de Lula para anular delações da Odebrecht em caso do sítio de Atibaia

Telegram

O TRF-4 negou um pedido da defesa de Lula para que depoimentos dos delatores da Odebrecht no caso do sítio de Atibaia não tivessem mais validade jurídica.

O recurso de Cristiano Zanin se baseou numa planilha da empreiteira mostrando que a empresa paga salários aos 77 delatores ligados ao grupo..

A defesa do petista alegava que os delatores tinham passado a receber o dinheiro depois que aderiram às “narrativas” defendidas pela força-tarefa da Lava Jato.

Por unanimidade, a 8ª Turma do TRF-4 negou a tese e manteve a validade dos depoimentos. A sessão durou oito minutos.

Leia mais: A PF concorda com Lula: Lulinha é um "fenômeno" dos negócios...

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 56 comentários