Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

TRF-4 nega pedido de nora de Lula para liberar documentos apreendidos pela Lava Jato

Por unanimidade, a Oitava Turma do TRF da 4ª Região negou pedido de Renata de Abreu Moreira, nora de Lula, para liberar documentos apreendidos em março de 2016 pela Lava Jato.

Segundo o tribunal, ela  perdeu o prazo para recorrer da decisão de primeira instância que havia negado a devolução dos documentos.

Em agosto de 2019, o juiz Luiz Antônio Bonat negou o primeiro pedido de Renata Moreira e deu razão ao MPF. Os procuradores da Lava Jato disseram que, embora a nora de Lula não seja formalmente investigada, os documentos são de interesse de investigações sobre o esquema de corrupção na Petrobras.

Renata Moreira é casada com Fabio Luís Lula da Silva, o Lulinha. A defesa dela argumentava no TRF-4 que a apreensão dos documentos já durava tempo demais e deveria ser suspendida. Mas, segundo o relator, João Pedro Gebran Neto, os advogados perderam o prazo e o recurso não pode ser conhecido.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO