TRF-4 paralisa ação da Lava Jato no caso do Instituto Lula

TRF-4 paralisa ação da Lava Jato no caso do Instituto Lula
Foto: Ricardo Stuckert/Fotos Públicas

O presente de Natal de Lula está sendo embrulhado.

O TRF-4, atendendo a um pedido da defesa, paralisou a ação da Lava Jato na qual o ex-presidente, Antônio Palocci e Paulo Okamotto são réus no caso da investigação da propina da Odebrecht para o Instituto Lula.

A decisão do vice-presidente da corte, Luís Alberto d’Azevedo Aurvalle, informa O Globo, é de ontem.

“Ante o exposto, defiro o pedido liminar para interromper o prazo para a apresentação de resposta à acusação do paciente LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA, até que seja oportunizado à defesa o EFETIVO acesso aos elementos acima especificados [todos os documentos que embasaram a denúncia].”

Na semana passada, noticiamos que a denúncia em questão foi recebida em 19 de dezembro de 2016 e até hoje o processo não foi julgado. Como o ex-presidente tem mais de 70 anos, o prazo prescricional é contado pela metade.

Em agosto, durante sessão da Segunda Turma do STF, a subprocuradora Claudia Marques disse haver uma “estratégia de defesa” para evitar “a prolação da sentença condenatória”. Está dando certo.

Leia mais: Como se articulam advogados criminalistas e filhos de ministros de tribunais superiores alvos de investigações para blindar-se na Justiça.
Mais notícias
TOPO