TRF2 nega pedido de Cabral para declarar Bretas suspeito

O TRF2 negou por unanimidade pedido da defesa de Sérgio Cabral para declarar suspeito o juiz federal Marcelo Bretas.

Bretas é o responsável pelos processos da Operação Calicute, desdobramento da Lava Jato que condenou o ex-governador do Rio, sua mulher, Adriana Ancelmo, e mais 10 pessoas.

No mês passado, Cabral foi condenado a 45 anos e dois meses de prisão por lavagem de dinheiro, corrupção passiva e organização criminosa.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 10 comentários
  1. Aqui no Brasil, parece que o mundo gira ao contrário; o poste faz xixi no cachorro; a carroça anda na frente dos cavalos; os bandido tem seus direitos preservados, o cidadão não; quem trabalha só paga impostos, os grandes empresários não; o trabalhador devedor vai para o SPC/SERASA e o empresário é perdoado; militar das Forças Armadas é preso se manifestar opinião política e os políticos ladrões ficam em casa, etc, etc…

  2. Pedir suspeição de bons juizes foi moda lançada por Lula e aderida pelos demais bandidos encanados. kkkkkkkkkkkkkkkkkk. Quem vê pensa que terão sucesso. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

  3. A galhada do Cabral começa a pesar e o desespero o leva a isso …; o rabo não pode abanar o cachorro . Calma , Cabral , livre aos 84 anos de idade , sua doce Adriana Anselmo vai estar esperando-o , novinha como você a deixou há 30 anos . kkk