Triangulação na Argentina?

A Pampa Energía, do empresário kirchnerista Marcelo Midlin, revendeu à holandesa Trafigura a rede de postos de combustível adquirida da Petrobras, no ano passado, numa das polêmicas operações da gestão de Aldemir Bendine.

Custou a bagatela de US$ 90 milhões.

 

A Lava Jato prendeu, em outubro de 2016, o empresário Mariano Marcondes Ferraz, representante da Trafigura no Brasil.

O Antagonista tem alertado sobre o caso:

LAVA JATO VAI CHEGAR NA PETROBRAS ARGENTINA

Ainda a venda da Petrobras na Argentina

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Para quem não sabe, TODA a diretoria ATUAL da Petrobrás foi escolhida pela Graça Foster a aprovada pela Dilma. Estão todos lá, que fizeram os negócios, até hoje, desde o tempo do Aldemir Bendine. Hoje, a única exceção é o presidente Pedro Tucano Parente, que fez um acordo com os petistas para ninguém tocar em nada e não levantar nenhuma poeira.

Ler mais 10 comentários
  1. Para quem não sabe, TODA a diretoria ATUAL da Petrobrás foi escolhida pela Graça Foster a aprovada pela Dilma. Estão todos lá, que fizeram os negócios, até hoje, desde o tempo do Aldemir Bendine. Hoje, a única exceção é o presidente Pedro Tucano Parente, que fez um acordo com os petistas para ninguém tocar em nada e não levantar nenhuma poeira.

  2. Outra corrupção escrabosa,em que se transfere patrimônio brasileiro em troca de propina,confirmando mais uma vez o axioma:
    Toda corrupção que desgraçou a nação,aconteceu na gestão petista.
    Essa foi no final do governo Dilma.

    1. destruitram teu cerebro,,ou seja jogaram uma bomba na privada….
      teus pais sabem que tu é um debil mental…que fuma béqui toda hora?
      fala sério que MAV mais safado……

  3. Precisamos, na América do Sul, de uma banca de uns mil auditores comprometidos com a verdade. Uma força tarefa para desenredar os crimes financeiros cometidos por investidores internacionais com o conliuo dos desonestos investidores sulamericanos.Uma força tarefa deste naipe. Pois é crime financeiro atrás de crime financeiro. De banco para Banco, Uma tramóia atrás da outras, que só quem entende de auditoria pode desvencilhar, denunciar e assim nos livramos destes abutres.

  4. E a triangulação gaúcha? Aquela da empresa que comprou a Usina da Agrenco, em Marialva-PR, e vendeu a metade para a Petrobras por mais que o dobro que foi pago pela Usina toda, em poucos meses.