“A tristeza tem que se transformar em resistência”

Manuela D’Ávila fala em “resistência” após a vitória de Jair Bolsonaro nas urnas.

Com a eleição de Bolsonaro, o velho sistema político acaba de ser posto abaixo. Entenda AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 54 comentários
  1. Manuel D’vila de mulher rebelde revolucionária tão carente que necessita ficar beijando a criança a todo minuto no discurso de Haddad. Pobe Manuela ainda tem muito que aprender.

  2. Manucruela essa vitória foi a vitória dos Cristãos Brasileiros sobre ateus comunistas que emporcalham nossa Nação A vitória dos Patriotas não dos que difamam nosso País pelo mundo afora por di

  3. Vocês petistas, jogaram este País na lixeira da imoralidade, com as corrupções e roubos praticados pelos seus dirigentes. Seu chefe LULA é o maior escárnio deste País e deve permanecer numa per

  4. A resistência popular contra o autoritarismo e a ditadura tucanopetista da qual Manuela é parte , dá apenas o seu primeiro fruto hoje. Na verdade , uma sementinha que ainda precisa crescer muito!

  5. Hora, ratazana comunista! Se pensasse em prol do Brasil, sua reação deveria ser outra! Vá para Cuba que a pariu, mamar nas tetas das mães de Fidel Castro! PT nunca mais no poder! Deus é maior!

    1. Política não é tudo e não devemos endeusar Bolsonaro e sim cobrar muito.Mas é grande alívio vê-lo eleito.Chega de ver o estado se intrometendo em nossa vida,querendo ditar até como educamos fi

    2. Ainda não. Aparelharam quase tudo (academia, mídia, “artes”, etc). Mas o povo e os pobres despertaram da longa manipulação. Começa nossa alforria, o fim da lavagem cerebral tucanopetista. Só