Troca de relator da denúncia de Temer racha o PSDB

A bancada do PSDB rachou sobre a manutenção de Bonifácio de Andrada no cargo de relator da denúncia contra Michel Temer.

O problema é que Bonifácio é suplente na CCJ e suplentes só podem votar na ausência de um dos sete titulares. Ocorre que, uma vez nomeado relator, ele tem o direito de exercer o voto.

Até o fim do dia, Ricardo Tripoli deve anunciar se retira Bonifácio da suplência.

21 comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200

  1. Esse Bonifácio está sendo usado pelo Temer e não se toca. Não há nada que Temer faça que não exista segundos interesses, tudo em prol da quadrilha e de suas intenções em defesa dos pagadores de propinas.

  2. Nessa indefinição tucana, tanto em relação à sustentação do gov., quanto ao caso Aécio, o PMDB parece ter conseguido dar um xeque-mate, nomeando o Bonifácio para a relatoria do processo no Conselho de Ética. Com alguns agravantes: Bonifácio é de um grupo adversário ao Aécio no PSDB de Minas; não há garantia alguma de que o Supremo irá rever a própria decisão pelo afastamento; e o prolongamento da indefinição só queima ainda mais o PSDB com o eleitorado e com o próprio grupo de situação, enquanto que o gov. se beneficia, ganhando tempo.

    O melhor teria sido na 1ª denúncia ter saído mesmo do governo e entrado com processo de expulsão do Aécio da presidência e do PSDB. A saída Jacobina poderia ter sido regenerativa e a degeneração à moda petista evitada de ser replicada!

    1. O Aécio deve permanecer na presidencia do PSDB. Nada mais coerente! O partido está bem representado. Espero que continue.

  3. O PSDB vêm protagonizando um espetáculo deprimente e ridículo desde a denúncia de Aécio.
    Está à deriva, sem comando, e seus “cabeças nem tão pretas” estão a mostrar o seu mais perverso lado oportunista.
    É no que dá ficar em cima do muro!

  4. O PSDB é um barco furado, rachado e sobrecarregado pelo “peso” de seus caciques.
    Enfim, que afunde levando junto na sucção para as profundezas abissais do esquecimento, os companheiros PT e PMDB.
    O Brasil precisa, senão, quem naufragará é o país.

  5. Nem PT, nem Psol, nem Rede, nem PSTU, nem PCdoB, nem PCO. Hoje, o partido que mais atrapalha o Brasil é o PSDB. Completamente amesquinhado, deve sair como nanico das eleições de 2018. Um desperdício o Dória estar nos quadros desse partido tacanho.

  6. PSDB…se enterrou junto com PT e PMDB. São idiotas já que, serão traídos na hora certa pelo PT de LULA e pelo PMDB de TEMER!. É um partido em extinção. Quem quer apostar?.

    1. Sim, muitas lideranças são um bom sinal, mas é preciso haver coordenação. E visão de longo prazo.

  7. Enquanto o PSDB não se der conta que tem de parar de tentar salvar Aécio e Temer, vai ficar sangrando pelo caminho e periga não virar nada em 2018. O pior é o PMDB foi aliado do PT na última década e agora está gozando do desgaste do, até então, ríval político, hoje aliado por conveniência de alguns poucos caciques de ambos os lados.

  8. Rachou! Agora sim vai ficar mais parecido com o partido BUNDÃO que sempre foi. Toda Bun.da, tem uma rachadura no meio, de onde sai a mer.da. PSDB ao não punir Aécio (aberração) se igualou ao PT.