Trocar integrantes é “prerrogativa dos partidos”, diz Pacheco

Rodrigo Pacheco, sobre o troca-troca de integrantes da CCJ:

“A substituição é uma prerrogativa dos partidos. Como presidente, nada posso fazer em relação a esse tema.”

9 comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200

  1. Pode ser um direito, mas é uma imoralidade pelos motivos que vêm sendo feito. Num país de gente decente, seria considerado crime manipular resultado de comissão parlamentar.

  2. Não Rodrigo Pacheco.. a prerrogativa de trocar é dos canalhas FDP, igual o senhor seu porco imundo. Voceis políticos tem que ser metralhados para assim ficarmos livres de vez de morféticos ladroes.

  3. Nós, o povo eleitor, vamos tambem mudar os políticos no Congresso em 2018! Legitimamente, nas urnas! Sem tramóias, conchavos e trambiques de troca-troca para alcançar seus intentos imorais!

  4. Que nojo dessa zona que é o legislativo! Tudo em nome deles proprios! Para defender só os proprios interesses! NINGUEM PENSA NO POVO, NO PAÍS! NEM CONSIDERA O POVO! OS 14 MILHÕES QUE ESTÃO DESEMPREGADOS ! E SE ESQUECEM QUE ELES IRÃO ÀS URNAS EM 2018!

  5. Rodrigo Pacheco, tirando o dele da reta!!!!! Suruba perigosa!!!! Mas como garante o General Vida Boa, as instituições brasileiras estão funcionando normalmente!!!! Suruba organizada é assim!!!!!

  6. Ele está correto! Isso é perfeitamente legítimo numa guerra política. Além de ser também legal. Quem quer derrubar Temer também se vale de todos os expedientes: requerimentos, ações perante o STF, etc.