ACESSE

TRT-1 derruba liminar que obrigava Petrobras a pagar custos de home office

Telegram

A desembargadora Glaucia Zuccari Braga, do TRT-1, suspendeu liminar que havia obrigado a Petrobras a fornecer equipamentos e pagar custos de 16 mil empregados que estão exercendo suas funções de casa devido à Covid-19, registra o site Conjur.

A juíza Danusa Malfatti, da 52ª Vara do Trabalho do Rio, havia concedido liminar para impor essas medidas à estatal.

Segundo Glaucia Braga, porém, não ficou provado que os funcionários da Petrobras não têm condições de exercer suas atividades em home office. Para a magistrada, não é razoável determinar que a empresa entregue equipamentos a 16 mil funcionários no meio da epidemia do novo coronavírus.

A desembargadora ressaltou ainda que não é viável individualizar os custos de pacote de dados e energia elétrica para cada trabalhador e indicou que a estatal forneceu ajuda de custo para a compra de itens como cadeiras e teclados.

O Antagonista lembra que, se a proposta de pagar custos do home office da Petrobras tivesse vingado, caberia a você, leitor, pagar a conta.

Leia mais: Comprovação do elo entre a Presidência da República e o gabinete do ódio complica Bolsonaro. Clique e leia

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 19 comentários