ACESSE

TRT-1 derruba liminar que obrigava Petrobras a pagar custos de home office

Telegram

A desembargadora Glaucia Zuccari Braga, do TRT-1, suspendeu liminar que havia obrigado a Petrobras a fornecer equipamentos e pagar custos de 16 mil empregados que estão exercendo suas funções de casa devido à Covid-19, registra o site Conjur.

A juíza Danusa Malfatti, da 52ª Vara do Trabalho do Rio, havia concedido liminar para impor essas medidas à estatal.

Segundo Glaucia Braga, porém, não ficou provado que os funcionários da Petrobras não têm condições de exercer suas atividades em home office. Para a magistrada, não é razoável determinar que a empresa entregue equipamentos a 16 mil funcionários no meio da epidemia do novo coronavírus.

A desembargadora ressaltou ainda que não é viável individualizar os custos de pacote de dados e energia elétrica para cada trabalhador e indicou que a estatal forneceu ajuda de custo para a compra de itens como cadeiras e teclados.

O Antagonista lembra que, se a proposta de pagar custos do home office da Petrobras tivesse vingado, caberia a você, leitor, pagar a conta.

Leia mais: Comprovação do elo entre a Presidência da República e o gabinete do ódio complica Bolsonaro. Clique e leia

Comentários

  • Paulo -

    NÃO VAI DEMORAR MUITO E VÃO CONSEGUIR : ÁGUA MINERAL; PAPEL HIGIÊNICO ; LANCHE DA TARDE E NETFLIX PARA PODER EXERCER SEU TRABALHO EM CASA E AINDA REPOUSO REMUNERADO.

  • Wanderlei -

    A justiça do trabalho é uma estrovenga.

  • Marcus -

    Andou bem a decisão judicial . O custo da Petrobrás é altíssimo e povo paga um combustível caro por isso . Estou no home office .. e uso meu computador .. minha internet.. e minha energia elétrica

Ler 20 comentários