ACESSE

TSE discute se fake news podem voltar após eleições

Telegram

O TSE começou a discutir ontem se notícias falsas retiradas da internet pela Justiça Eleitoral devem permanecer vetadas após o fim da campanha.

Uma resolução da Corte diz que o fim do período eleitoral faz cessar as ordens de remoção do conteúdo.

Dois ministros — Admar Gonzaga e Tarcísio Vieira Neto — entendem que a parte afetada deve ingressar com novas ações na Justiça comum para apagar as fake news.

Alexandre de Moraes votou pela manutenção da decisão da Justiça Eleitoral, mas o julgamento foi suspenso por pedido de vista de Edson Fachin.

Lava Toga: é hora de quebrar o tabu. LEIA AQUI

Comentários

  • Cássio -

    O TSE é mais um órgão inútil, assim como o Ministério do Trabalho. Cbide de emprego de apadrinhados políticos. Pelo fim do TSE, já!!!!!!!!!!!!!

  • A. -

    Não tem o mínimo cabimento! Se mudarem o entendimento, é prova de que são venais e vendidos!

  • francisco -

    Então...tirem tudo do ar...

Ler 9 comentários