ACESSE

TSE JÁ TORROU 7 MILHÕES COM PROTÓTIPO DE URNA

Telegram

Gilmar Mendes firmou em 2016, sem licitação, um contrato de R$ 7 milhões com a Flextronics Instituto de Tecnologia.

A empresa deveria prestar “serviços técnicos especializados para a criação de um novo modelo de urna eletrônica”.

Foram feitos 30 protótipos de urna e 15 módulos de impressão, mas agora o TSE lança uma licitação para o desenvolvimento de mais 12 protótipos de urna com módulo de impressão.

Os outros não serviram? E os milhões gastos?

 

O ocaso de Maduro: vai sair ou 'ser saído'? Leia aqui

Comentários

  • PAULO -

    URNA ELETRÔNICA = FERRAMENTA DE FRAUDE PARA DOMINAÇÃO GLOBALISTA!

  • Ricardo -

    presenciei cena grotesta hoje na caixa economica da avenida paulista anexa ao conjunto nacional. Dois homens entraram na agencia aos berros perguntando quem era o gerente geral e foram subindo as escadas. Deu para ouvir então um deles dizendo ao gerente "dia 22/01 tem greve geral dos vigilantes, nenhum vigilante entra na agencia. se você quiser abrir a agencia é uma decisão sua, mas algum vigilante tentar entrar vai ter porrada". descendo as escadas o vagabundo falou a mesma coisa apontando para um vigilante da agencia "se tentar entrar vai ter porrada. é para o bem da nossa classe". Arrogantes, os dos homens saíram da agencia caminhando livremente, na maior calma, com cara de deboche. Isso é o sindicalismo. Essa gente é nojenta e não tem limites.

  • Fernando -

    O que uma Bematech ou HP desenvolveriam com um contrato deste?... Ainda mais sabendo que as vendas iniciais poderiam chegar ao montate de R$250.000.000,00. Ah bobeira minha esse instituto aí é sem fim lucrativo e é nacional, né?

Ler 75 comentários