TSE JULGA CONTAS DE BOLSONARO

O Tribunal Superior Eleitoral iniciou julgamento da prestação de contas de Jair Bolsonaro.

A Corte analisa a regularidade de receitas e despesas declaradas na campanha.

O presidente eleito informou arrecadação de R$ 4,3 milhões, gastos de R$ 2,8 milhões e sobra de R$ 1,5 milhão.

Antes das contas de Bolsonaro, os ministros verificam também as contas do PSL. O partido declara gastos de R$ 10,8 milhões.

Conheça as questões definidoras do futuro governo — e do Brasil AQUI

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 7 comentários
    1. Correios ? Carregou a Petrobrás nas costas, roubou TUDO … e ? E, nada. A tal dilma está solta e o vice é presidente até hoje …

  1. Diplomação dia 10/12. Só um louco acha que o TSE/STF barraria algo 1 mês após o Presidente ser eleito. kkkk Nem se fosse o Lula Ladrão ou se Bolsonaro chamasse a Rosário pra brigar.