TSE manda Facebook remover vídeos de Lula

Em decisão liminar, Carlos Horbach, do TSE, determinou que o Facebook remova quatro postagens em que o PT promovia a candidatura de Lula, barrada pelo tribunal em 1º de setembro.

O pedido foi feito pela campanha de Jair Bolsonaro. Segundo O Globo, duas dessas postagens estavam no próprio Facebook e duas no Instagram, que pertence ao Facebook.

Outro ministro do TSE, Luís Felipe Salomão, já tinha proibido esses vídeos na TV. Na terça passada, o PT oficializou o poste Fernando Haddad como cabeça de chapa, mas não tirou das redes sociais as peças publicitárias com Lula.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 31 comentários
  1. Desobediência às Leis é uma boa maneirade ganhar votos? Acho que não! Essa ESCUMALHA precisa aprender o que é RESPEITO. Mas se soubesse, não teria sido a rainha da corrupção!!!! Ô, gental

  2. Engraçado, é que quando é com Bolsonaro, o Facebook já elimina os vídeos de cara, mesmo vários deles não contendo nada demais! Mesmo caso com Gentilli! Não é à toa que 44% da molecada deleto