ACESSE

TSE manda retirar de circulação vídeo atribuído a Bolsonaro

Telegram

O ministro Carlos Horbach, do TSE, mandou retirar de circulação vídeos atribuídos à campanha de Jair Bolsonaro que atacam membros do STF, publica o Estadão.

No vídeo, aparecem imagens de Ricardo Lewandowski, Celso de Mello, Dias Toffoli, Marco Aurélio Mello, Alexandre de Moraes e Gilmar Mendes.

Segundo a defesa de Bolsonaro, a peça “prejudica a imagem” do presidenciável, porque o coloca em “linha de colisão com a atuação do Poder Judiciário brasileiro”.

Você precisa redobrar a atenção no 2º turno. Entenda por que clicando AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 47 comentários