TSE nega pedido de Bolsonaro

Sérgio Banhos, do TSE, negou pedido de Jair Bolsonaro de direito de resposta e para retirar do ar propaganda de Fernando Haddad que cita reportagem da Folha sobre suposta compra de mensagens no WhatsApp.

Os advogados de Bolsonaro afirmaram ao TSE que o horário eleitoral veiculou informação falsa “apresentada pela Folha de S.Paulo e exibida de forma enérgica pelos representados [Haddad] (…), tudo isso sem qualquer prova ou veracidade”.

O ministro considerou que a propaganda do petista “está situada dentro dos limites referentes aos direitos à livre manifestação do pensamento e à liberdade de expressão e informação”.

Livre-se das fake news. Assuma você mesmo o controle do que realmente interessa saber. Saiba mais AQUI
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO