TSE pode usar provas da Lava Jato

O vice-procurador eleitoral rejeitou o pedido de Dilma Rousseff para excluir os documentos da Lava Jato do processo no TSE.

Seu parecer foi exibido ontem à noite pelo Jornal Nacional.

Ele disse:

“O argumento de que essa documentação não pode ser admitida como prova emprestada não se aplica à hipótese”.