TSE proíbe candidatos de participar de 'lives' de artistas

O Tribunal Superior Eleitoral proibiu nesta sexta (28) a participação de candidatos nos chamados “livemícios”, transmissões ao vivo pela internet promovidas por artistas com o intuito de fazer campanha eleitoral.

A questão, informa o G1, foi levada ao TSE pelo PSOL, que perguntou se é legítima a participação de candidatos em eventos virtuais não remunerados, como as “lives” de artistas pela internet.

O relator do caso no tribunal, Luís Felipe Salomão, lembrou que showmícios e eventos similares já são vetados pela lei eleitoral –e, sendo assim, não faria sentido liberar o mesmo tipo de evento em versão “não presencial”.

“O atual cenário da pandemia não autoriza transformar em lícito conduta que se afigura vedada”, afirmou Salomão em seu voto pelo veto, que foi seguido por unanimidade.

Leia mais: O erro dos governadores na pandemia. Clique aqui para ler mais
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 9 comentários
TOPO