ACESSE

TSE proíbe político de usar fundo partidário para pagar advogado

Telegram

O TSE proibiu o uso de dinheiro público do fundo partidário para a contratação de advogados que defendem filiados investigados.

O objetivo é impedir que verbas públicas sejam direcionadas para a defesa de políticos corruptos na mira da Lava Jato.

Os bastidores da grande derrota de Moro, do governo e do combate ao crime organizado. Confira agora

Comentários

  • Teresa -

    Até que enfim embora não adiante nada. É preciso acabar com o Fundo Partidário. Partidos são como sindicatos deveriam sobreviver através de seus membros. Veja o desempenho dos deputados do Novo.

  • Alberto -

    Mais um motivo para que se extinga o financiamento público de partidos políticos.

  • Fátima -

    Extinguir o fundo partidário é a única solução decente.

Ler 56 comentários