Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

TSE suspende pagamentos a bolsonaristas em rede social trumpista

Luis Felipe Salomão estendeu ao Gettr decisão que já valia para YouTube, Instagram e Twitter; criador da rede, Jason Miller, prestou depoimento hoje à PF
TSE suspende pagamentos a bolsonaristas em rede social trumpista
Reprodução

O corregedor-geral do TSE, Luis Felipe Salomão, determinou nesta terça, 7, que a rede social Gettr suspenda pagamentos a blogueiros bolsonaristas alvos das investigações que apuram disseminação de fake news e ataques às urnas eletrônicas, registra o Estadão.

A pedido da PF, Salomão ampliou para o Gettr decisão de 16 de agosto em que ordenou a suspensão de pagamentos a investigados com perfis e canais nas principais plataformas, como YouTube, Instagram e Twitter.

Ao todo, a decisão alcança 24 pessoas e canais, que arrecadam com publicidade, doações e total de acessos nos conteúdos que publicam.

O Gettr foi criado em julho por Jason Miller, porta-voz de Donald Trump na campanha eleitoral de 2016.

Acusado de incentivar discursos de ódio e campanhas de fake news, Miller esteve no Brasil até esta terça para participar do CPAC Brasil, conferência conservadora organizada por Eduardo Bolsonaro. Foi também recebido por Jair Bolsonaro no Palácio da Alvorada (na foto).

Pouco antes de voar de volta aos EUA, o ex-porta-voz de Trump prestou depoimento à PF no aeroporto de Brasília, no âmbito do inquérito que apura o funcionamento de organizações criminosas digitais.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO