TSE tira Garotinho da corrida eleitoral

Acabou o julgamento: o TSE rejeitou por unanimidade a candidatura de Anthony Garotinho ao governo do Rio de Janeiro, com base na Lei da Ficha Limpa.

Cabe recurso ao STF, mas o político só volta à corrida eleitoral se obtiver uma liminar favorável.

O poste do presidiário Lula perdeu um palanque.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 51 comentários
  1. Paes também teve a candidatura suspensa mas está sob liminar. A mafia do MDB instalada no RJ não perdoou Garotinho por ter exposto a quadrilha. Garotinho é um perseguido. Só isso. O resto é fake

  2. O Rio sobreviveu ao pesadelo representado pelo Menino do Tambor. Poucas atitudes irritam mais que a prática devota da picaretagem político-religiosa. Junto com a inépcia, é uma desgraça.

  3. A notícia está ERRADA. Ele não foi condenado por enriquecimento ilicito. Foi por calúnia contra um juiz notoriamente ligado ao PMDB. Além disso a sentença em primeira instancia é NULA. Liminar

    1. Ô “Perez”, assim não. Até parece o amiguinho que fazia “coisinhas” com o Molequinho ainda garotinho, no escondidinho do campinho de futebolzinho. “Malandrinho!!!

    1. Martins, a coisa está tão ruim que até parei de lembrar do Açaí da LeWALda. Estou achando que dos males, o menos ruim. é este tal (que não quero dizer o nome).

  4. 🏃🏃 “Sentado na calçada com canudo e canequinha” … “Eu ví um garotinho” ….. “Fazendo uma bolinha” … “Bolinha de sabão” !!! É minha gente … O Brasil está mudando !!! “Ele

  5. Esmagado o principal VERME de uma família de vermes. Faltam ainda, a esposa, a filha, o irmão, o cunhado e etc. Justiça demorou mais de 10 anos para expulsar esse vagabundo da vida pública.