Tudo de acordo com a lei

José Eduardo Cardozo mandou investigar a possibilidade de “o sr. Luís Claudio Lula da Silva ter sido intimado, em tese, fora do procedimento usual, para prestar depoimento em inquérito policial”.

A juíza Célia Regina Ody Bernardes respondeu que autorizou a quebra de sigilo fiscal e bancário dos alvos da Zelotes, mas que desconhecia qualquer intimação da Polícia Federal. A PF, no entanto, pode intimar para depor suspeitos e testemunhas sem passar por um juiz.

A PF preferiu não se manifestar. Os investigadores da Zelotes, porém, disseram aos ótimos repórteres Andreza Matais e Fábio Fabrini, do Estadão, “que não há nada na legislação que impeça a entrega de intimação à noite”.

Faça o primeiro comentário