Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Tudo envolve apoio popular e vai acabar envolvendo apoio armado também né"

Em troca de mensagens, obtida pela PF, Otávio Fakhoury e Roberto Jefferson conversaram sobre estratégias para destituir ministros do Supremo Tribunal Federal
“Tudo envolve apoio popular e vai acabar envolvendo apoio armado também né”
Reprodução

“Em mensagens trocadas por WhatsApp em maio do ano passado, o empresário Otávio Fakhoury e o ex-deputado federal Roberto Jefferson(PTB) conversaram sobre estratégias para destituir ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). O diálogo consta no inquérito dos atos antidemocráticos.”

A discussão ocorreu por ocasião da decisão de Alexandre de Moraes de barrar a nomeação de Alexandre Ramagem para o comando da Polícia Federal.

Fakhoury fala inicialmente sobre a criação de um grupo para discutir uma “saída plebiscitária” para “dissolver” o STJ e o STF. “Criar uma nova Corte Constitucional nos moldes da americana, sabe?!”

Em seguida, o empresário reconhece a dificuldade em viabilizar a ideia. “Eu entendo que é uma coisa bem difícil a cassação dos ministros. Seria essa outra proposta que você mencionou que também tem suas dificuldades, que precisa ter apoio das Forças Armadas para que possa ir adiante e… não sei como. A gente discute lá outras formas para ver se… Tudo envolve apoio popular e vai acabar envolvendo apoio armado também né. Apoio das Forças de Segurança do Brasil.”

Em outro trecho, em resposta a uma mensagem de áudio não transcrita no documento da PF, Fakhoury completa: “Ato institucional sim, teriam que ter apoio das FFAA [Forças Armadas]”. É um democrata.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
TOPO