Uber, Cabify e 99 entregam 800 mil assinaturas contra PLC-28

As empresas que exploram os aplicativos Uber, Cabify e 99 entregaram há pouco na Secretaria Geral da Mesa, na Câmara, mais de 800 mil assinaturas contra o PLC 28.

O projeto é fruto do lobby dos taxistas e praticamente acaba com os Apps de mobilidade urbana.

36 comentários

  1. PLC 28/2017 TEM QUE SER APROVADA .
    EU GOSTARIA DE SABER QUEM ESTA REALMENTE GANHANDO COM O APLICATIVO
    SEM ESSA DE MOBILIDADE. HOJE POR CAUSA DOS APLICATIVOS TEM MAIS CARROS DA UBER NAS RUAS COM PESSOAS DESPREPARADA CORRENDO RISCOS SEM NENHUMA GARANTIA DE SEGURANÇA.
    SÓ HOJE. JÁ TEMOS MAIS DE 30000 CARROS NAS RUA DE SALVADOR.
    80% DOS MOTORISTA DOS APLICATIVOS SÃO EMPREGADO DIZENDO QUE
    FAZ BICO, TIRANDO A SUB-EXISTÊNCIA DOS VERDADEIROS TRABALHADORES DO TRANSPORTE DE PASSAGEIRO PUBLICO. O TAXISTA.
    LADRÕES ROUBAM CELULARES COM O APLICATIVO E IMEDIATAMENTE PEDEM O UBER
    LAVA O MOTORISTA PARA O CATIVEIROS, AMEAÇANDO. PEGAR SEUS CARTÕES FAZEM SAQUES . O APLICATIVO COM TODO SEU AVANÇO TECNOLÓGICO NÃO PODE IMPEDIR, TRAZENDO PREJUÍZO TANTO FINANCEIRO QUANTO PSCOLÓGICO.
    VAMOS FAZER UM CNPJ PARA A UBER ,PARA SABER QUEM SÃO AS PESSOAS QUE REALMENTE GANHARAM COM A APLICATIVOS.
    TODO BRASILEIRO QUE PRESTA SERVIÇO NO BRASIL TEM E PAGA IMPOSTOS MUITO ALTO.
    DESDE JÁ AGRADEÇO.
    TENHA UMA BOA NOITE.

    TENHO CERTEZA QUE A VOSSA EXCELÊNCIA BUSCA A VERDADE

  2. Um ponto perto da minha casa ficava vazio em vários horários. Apareciam quando queriam. Uma vez, um deles se recusou a desligar o rádio porque precisava de orientação de trânsito para fazer uma corrida de 5 km na orla, me obrigando a saltar e pegar outro. E, em um domingo, com horário para chegar em uma formatura, fiquei quarenta minutos esperando um dos 33 mil táxis que dizem ter no Rio. Nada. Veio o Uber e a crise: o ponto tem sempre alguém para atender, todos agora estão com cartão, mudaram a postura e o sorriso continua mesmo quando você diz que vai “logo ali”. Nada como a concorrência.

  3. Esses serviços de transporte por aplicativos deram poder de subsistência para muita gente cujo emprego foi tungado pelos esquerdistas que espoliaram e acabaram com o Brasil durante 13 anos. Agora espero que os senadores tenham a sensibilidade de não colocar mais gente na rua, sem direito a correr atrás pela sua sobrevivência e de sua família.

  4. Agora está na mão de quem entende do riscado (Congre$$o). Com as eleições à vista e as limitações impostas pela LavaJato, V.EXas. das mais diferentes matizes, estão já “Esfregando aos mãos” para vem que fará a melhor oferta $$$$$$. Se bem conhecemos essa Súcia, vão querer “morder” dos dois lados. Ou alguém duvida.

  5. Vamos resumir: o Uber mostrou e provou o quanto os taxistas roubavam seus passageiros, mesmo com todas as isenções que sempte tiveram, daí a revolta. Simples assim.

    1. Falou tudo. Fostes direto ao ponto.
      Eu resido na Capital paulista. Já utilizei o Uber. Serviço bom, barato e necessário à cidade.

    2. Você acha que os ubers drivers estão ganhando dinheiro?!??! Um serviço q concorre com o transporte coletivo. Já ouviu falar em dumping?

    3. VOCÊS NÃO TEM NADA, NEM VALOR. A QUALQUER MOMENTO SERÃO VOCÊS OS TRAÍDOS VÃO DÁ UM CHUTE NA BUNDA DE VOCÊS,EU DEPOIS VOU RIR DE VOCÊS.
      VÃO COMER OVO FRITO A VIDA TODA .

  6. Taxistas são mal-educados, tem carros fedorentos, querem escolher passageiro, assediam as passageiras, são agressivos ao dirigir, não respeitam o passageiro e são uns mafiosos. Espero que os aplicativos acabem com essa classe de “profissonais” que não respeita ninguém. Se dependesse de mim, morreriam de fome.

  7. O modelo atual só fortalece o país onde a empresa está sediada não é justo em diversos países no mundo foi regularizado e aqui no bostil não regularização já

    1. Seu comentário não faz sentido. O que você “compra” quando pede um Uber? Você compra o serviço que te leva a um lugar onde você precisa ir. Se você achou justo o valor cobrado, porque se importa em saber “para onde vai o dinheiro”? Se não fosse a burocracia deste mesmo “Bostil” que você menciona, não precisarímos que empresas internacionais (embora eu não veja nenhum problema nisto): teríamos empresas nacionais também explorando os serviços.

  8. Se é a favor do Uber eu também quero assinar. Taxistas não querem nem saber do interesse e direitos de milhões de passageiros cidadãos ou visitantes , em todos os discursos que fazem escondem sempre que são isentos de impostos Estadual e Federal na compra de seus bólidos ZERO KM , significando 40% de preço abaixo da tabela. Escondem que não pagam IPVA nenhum . Escondem que vendem suas licenças, ao se aposentarem ou estarem impossibilitados de trabalhar, com um ágio invejável (pesquisem Aeroporto de Congonhas). E pior ainda, são mal educados quando você quer fazer uma corrida de curta distância, em geral não lhe atendem ou se atendem apresentam um mau humor insuportável durante o trajeto. Fora Taxi. Venha Uber.

    1. HA INVEJA! VOCÊS JÁ TRABALHOU ALGUMA VEZ PARA TER ALGUMA COISA TODOS OS TAXISTA QUE TEM UM TAXI TRABALHOU PARA TE-LO .
      ATE ESSE APLICATIVO QUE HOJE VOCÊ GANHOU DE MÃO BEIJADA O TAXISTA SUOU PRA VOCÊ HOJE DESFRUTAR.

  9. Quando o Easytaxi foi lançado, os taxistas espernearam e tentaram acabar com o aplicativo, pois cada vaga em uma cooperativa chegava a custar 50 ou 60.000 reais. Não adiantou nada e agora uma vaga custa no máximo 2.000 reais.
    Taxista é a pior raça das ruas do Brasil. Só perdem para os flanelinhas.

  10. Desde que estes aplicativos paguem os impostos e taxas igual aos taxistas nada contra, mas concorrer em condições desiguais não é o correto.

    1. E como seria a cobrança para o uso de e-mail para permitir uma concorrência equilibrada com os correios? Qual seria o imposto para os editores de texto ( PC) para evitar a falência das fabricas de maquinas de escrever? , e para os fabricantes de charrete em relação aos de carros? O correto é o fim da era dos táxis, simples assim.

    2. Desde que os aplicativos tenham todos os benefícios que os taxistas tem como isenção de IPVA, isenção de PIS e COFINS, emplacamento mais barato, poder circular em dia de rodizio, poder circular em corredores de onibus, nada contra, mas concorrer em condições desiguais não é o correto

    3. O que vocês acabaram de falar é o que AYN RAND fala em “A REVOLTA DE ATLAS” que ela intitula de o império da mediocridade. Se não tem como competir cria imposto. E outras coisas mais. E proíbe criar.

  11. Que tal eliminar totalmente e formalmente a figura do taxi e do taxista?
    Estabeleça por lei a obrigatoriedade dos motoristas de Uber, Cabify, 99 e outras a colarem no veículo uma etiqueta de identificação da empresa, e faça a cobrança normal dos impostos por prestação de serviços.
    Quem vai regular a quantidade e a qualidade dos serviços será a demanda de mercado, e o nível de qualidade fornecido pela empresas.
    A qualidade dos serviços que hoje são feitos pelos taxistas irá melhorar muito, os custos serão mais baixos e a população será a maior beneficiária do sistema.
    Não sei porque a preocupação “as empresas irão ganhar o nosso dinheiro”. Se eles atenderem a nossa necessidade (nos levar para onde queremos com conforto, segurança e pontualidae) é o que vale. Se não remunerarem bem os motoristas, estes migrarão para outras companhias. Se não tiverem lucro, fecham e dão o lugar a outros concorrentes.
    Simples assim.

  12. Taxistas adoram protecionismo e reserva de mercado. Desfrutam dos pontos de táxi, espaço público reservado a eles. Compram carro com isenção de impostos, não estão sujeitos a rodízio e trabalham quando querem. Escolhem corridas. Experimente encontrar táxi nos pontos fora do horário comercial. São Paulo tem uma das tarifas mais caras do mundo. Só não gostam de concorrência. Qualquer semelhança com a mentalidade do funcionalismo público NÃO é mera coincidência.

  13. Uma boa hora para testarmos as inconsistências do Congresso…
    Parlamentares que ignoraram um abaixo-assinado de mais de 1,5 milhão de assinaturas contra Renan Calheiros, não vai se “comover” com a bagatela de 800 mil assinaturas em defesa dos que destroem, de forma ilegal e injusta, o emprego de taxistas PROFISSIONAIS. Táxi não é bico, é profissão!!!

    1. Uber não é bico, é profissão. É apenas outra forma de fornecer o mesmo serviço, com mais qualidade, mais segurança, mais conforto e menor custo.
      Pra que este “saudosismo” todo? Por que taxi é tão importante? A figura do Taxista hoje está se transformando a mesma da carroça, no início do século passado, quando surgiu o automóvel. Se fosse naquela época, você seria da opinião de que “os carros deveriam ser proibidos, pois vão destruir de forma ilegal e injusta o emprego dos carrocistas PROFISISONAIS. Carroça não é bico, é profissão”.

  14. O racional seria acabar com as licenças de taxistas. Estas licenças são semelhantes aos antigos telefones antes da privatização das teles: valiam mais que um carro. Elimine as licenças, poucos mafiosos irão chiar.
    Aproveita também e corte o benefício de descontos na compra de veículos. Direitos e deveres iguais a todos que desejar utilizar o carro como ferramenta de trabalho.
    No fundo no fundo: para que a figura formal do taxi???

  15. ninguém quer mais taxista…tem uns que inclusive deveriam entrar para o projeto redenção da PMSP.

  16. Vamos agora proibir os e-mail e WhatsAps que estão prejudicando a estatal dos correios e na sequencia proibir o desenvolvimento dos drones para entregas que vai prejudicar os motobóis.

    1. Falando em Correios:
      Na China: https://www.youtube.com/watch?v=TlEjUFeC-ek
      No Brasil: https://www.youtube.com/watch?v=EZrZnuRYvAs

  17. Político quer propo$ta$ con$i$tente$ esse negócio de assinaturas não é com eles, não! O negócio deles é fazer leis pra aniquilar, ferrar, escravizar, quebrar as pernas, chantagear, ganhar com elas, legislar em causa própria precisam de comparsas, fabricar leis é bu$$$$ine$$$$$$, bebe.

  18. A quem interessa a máfia das placas vermelhas?! Tem muito esperto que vive de “aluguel” de placa. Sem falar da propinada que rola na hora das “concessões” dessas placas pelo poder público. Os aplicativos representam a implementação do livre mercado no setor. Aumentou a demanda, aumentará o número de prestadores; diminuiu a procura, diminuirá a oferta. Simples assim, a intervenção do setor público nessa área específica e desastrosa, só faz perpetuar feudos.

  19. O Brasil sempre anda na direção contrária as tendencias mundiais por conta dessa falta de caráter e visão dos nossos políticos.

Comentários temporariamente fechados.
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.