Ufa, um médico portando fuzil não será abatido…

Guilherme Theophilo, futuro secretário da Segurança Pública, também foi entrevistado pela Folha.

Leia o seguinte trecho:

“O governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, defendeu o abate de indivíduos portando armas pesadas. O senhor pensa como ele?
Depende da situação. O indivíduo está com arma pesada em que situação? E se ele, em um confronto, apontar a arma pesada?

Então, só comprovando que seja um criminoso?
Claro, comprovado que o indivíduo seja perigoso e que fará resistência à atividade policial.”

Ufa, isso quer dizer que um médico ou comerciante portando casualmente um fuzil não será abatido…

 

Prepare-se para combater esse “velho Brasil”. Saiba mais AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 214 comentários
  1. O que um médico ou um comerciante vai estar fazendo com um fuzil??? Nos dias de hoje quem usa fuzil é bandido, é matador do tráfico, não vemos médicos ou comerciantes com fuzil, que perguntinha

  2. Fluxograma de tomada de decisão sobre ABATE de indivíduo com Fuzil: Policial->email seu comante->email secret seg->email ministro->email Presidente-> retorno da decisão pelas vias expostas.

  3. Que bom né? Já ficou até sem graça, de tão comum, ver médicos e comerciantes se deslocando portanto casualmente um fuzil! Cai na real gente. Politicamente correto nesta questão, esquece.

  4. Talvez vocês não conheçam/ou o AK 69 que tem muitas utilidades. Em dia de chuva vira guarda-chuva e furadeira para alguma emergência doméstica, como por um quadro na parede da sala.

  5. Bem ridícula a postagem, desconhecem a lei e escrevem bobagens. Parabéns ao Policial Militar que abateu o celerado que mantinha refém uma senhora de 83 anos com uma arma na cabeça. Não era fuzil

  6. Acho que a Folha ficou com inveja do besteirol daquela jornalista da Globo News, que argumentou que um indivíduo portando fuzil, mas somente portando, não significaria ameaça. É de chorar!

  7. HAHAHH! Essa foi muit boa… Cara, essa galera é muito sem noção. Nenhum esuqerdopata até agora conseguiu responder em qual situação teremos um CRIMINOSO INOFENSIVO PORTANDO UM FUZIL !!! kkkkkkk

  8. Essa esquerdalha da Foice é asquerosa. O Rio de Janeiro está em GUERRA, tanto é assim que os criminosos usam armas de GUERRA e o exercito teve que intervir. ESQUERDISTAS EMOCIONALOIDES.

  9. Antagonista só brincou que um médico e um comerciante normal nunca estaria andando na rua com um fuzil. Logo, perguntar em que situação uma pessoa com fuzil deveria ser abatida não faz sentido

    1. A maioria entendeu logo no início, mas depois apareceram os problematizadores de plantão… Pergunto-me se não é gente propositalmente fazendo ruído. Essa turma das esquerda é barra.

  10. “Médico ou comerciante portando casualmente um fuzil” ???? Vocês estão loucos? Desde quando quem não é bandido sai por aí, portando “casualmente” um fuzil? Se manca, Antagonistas.

  11. e como é que uma pessoa portando um fuzil vai dizer para o policial que é uma pessoa de bem, mesmo com um fuzil na mão? Até agora não nasceu ninguém com estrela na testa, eu nunca vi ninguém

  12. Você já cancelou sua assinatura??? Ontem fui à uma loja fazer compras. Fui pagar e me apresentaram a maquininha amarelinha. Eu recusei e me apresentaram outra. É simplesmente boicotando.

  13. Os esquerdopatas continuam a tentar proteger os seus fornecedores!!! Acho que a globo deveria abrir um estúdio em algum país onde as drogas são liberadas! Não ficaria um no Rio!!!!

  14. Quanta pergunta imbecilóide dessa Folha de S. Paulo… nossa tem de ter paciência pra responder… tá bom viu…a polícia tem de tomar cuidado para não abater um “cidadão de bem” com fuzil nas

    1. Obviamente Valéria, mas a ironia do antagonista foi sobre a pergunta “nonsense” do jornalista, não na resposta do General. Cuidado ao julgar a inteligência alheia, você pode ser o errado na hist

    2. Tenham a paciência de conferir a entrevista da Folha. O general não falou nada sobre médicos e comerciantes! Foi o Antagonista fez o comentário irônico, em razão da incoerência do general!

    3. O Brasil é um país de analfabetos funcionais, que pensam ser mais inteligentes que os outros. A pergunta final, no a ironia foi feita, foi do General, Valéria?

  15. Bem até onde sei é um crime portar armas de uso restrito, então qualquer um com um fuzil no meio da rua é um criminoso, logo devera ser abatido. Portar fuzil é crime, preciso desenhar?

    1. A confusão está na sua cabeça, não entendeu nada, mas quer debochar dos outros. Ilustrando o analfabetismo funcional brasileiro, parabéns.

  16. Cinismo de esquerdinha antagonista. Voces tem sorte de terem o Claudio e o Felipe, grandes jornalistas que estao acima de voces, ou isso aqui ja estaria mais queimado que bunda de petista.

  17. O cidadão não pode ter um revolver em casa, mas o criminoso deve ter o direito de portar um fuzil no meio da rua sem ser incomodado!?! Essa foia… defenderiam até uma bazuca para os bandidos.

  18. É um misterio um jornal comunista arrecadar tres bi dolares em NY com venda de bonus da maquininha… capitalistas não gostam de comunistas ..rsrsrsrsrsr.. PARA BOM ENTENDEDOR pingo é letra……..

  19. Tem que ser abatido,sim. O que estaria um médico fazendo com um fuzil na mão? Estamos falando de FUZIL, NÃO DE OUTRA ARMA QUALQUER. Agora só por ser médico não pode ser terrorista ou …?

  20. Caros Antagonistas, vcs precisam marcar as frases de vcs com #ironia… O pessoal tem dificuldade , primeiro em perceber onde acabou a resposta e entrou o comentário de vcs, depois em as ironias…

  21. Manda o pessoal desse jornal entrar nas favelas para entrevistar os que estão “passeando” com seus fuzis de estimação.Se um deles voltar vivo, talvez conte alguma estória.Querer ser burro, é f

  22. Sabotar é possível, identificação é necessária. Já pensou uma mãe dentro de casa com uma arma na cabeça, e do lado de fora seu filho impelido a portar um fuzil, e a última esperança é não

    1. O Brasil é o único lugar do mundo onde ironia e sarcasmo precisam ser explicados pros que não entendem. Quanta chatice.

  23. Ah , agora ficou bem esclarecido. Quer dizer que os médicos podem portar suas AK47 ou FAL tranquilamente, desde que estajam vestidos com a tradicional roupa branca. Que materiazinha mais escrota Folh

  24. Antagonistas, vcs não vão ver médico ou comerciante portando fuzil; é proibido no Brasil. Atualmente, quem porta fuzil, não sendo militar, é bandido. Quem foi o editor dessa matéria hoje.

  25. Esses jornaleiros noiados nem sabem o que é um fuzil – vivem confundindo calibres, tipo de armas, etc,etc. – fuzil de assalto vira “metralhadora” , e por ai vai. Um festival de cretinice.

  26. Alô Antagonista, deixei de assinar a Foia, agora só fico sabendo notícia que saiu na Foia aqui. Vocês não tem repórteres por conta própria para conseguir notícias? Assim não dá, né!

  27. Não sei se foi por causa da pergunta alesada, mas Teophilo soou light, pros padrões do programa bolsonarista. Tipo, se a PM avistou um bando cheio de fuzis, tem que abater sem pedir licença.

    1. Apesar de ele ter saído do psdb, o que é um acerto, Teophilo poderia ter soado mais politicamente incorreto. Witzel e Bolsonaro foram mais diretos.

  28. A classe jornalística deve se sentir envergonhada com o baixo nível de muitos dos profissionais que atuam na “grande mídia”. A Folha se notabiliza por reunir um grande nº desses incompetentes

    1. Jornalismo militante e políticamente correto imbecilizaram toda a mídia. Os profissionais não percebem mais os absurdos, incoerências e paradoxos que falam ou perguntam.

  29. Os jornalistas vermelhos querem fazer lavagem cerebral na população e convencer que um civil portando um fuzil não é um criminoso. Só lembrando a esses bostas: existe a LEI DO DESARMAMENTO no BR.

    1. Vamos que vamos. Infelizmente, grande maioria reclama, mas continua consumindo desinformação desses insanos. Parece que gostam do papel de trouxa.

    1. Não sei se é ironia, mas pra mim não tem que pedir licença pra atirar em bandidos de fuzil. Qualquer um pode ver os anjinhos, digitando “bandidos desfilam de fuzil” no google ou youtube.

    2. hahahah; ou seja o sujeito portando um fuzil pode ter se confundido e pensa estar carregando um guarda-chuva ou uma furadeira. Vai saber

  30. As faculdades de jornalismo estão formando esses tipo de jumento ou jumenta, mais isso é que menos importa, desde que seja militante esquerdista, e milite contra Bolsonaro e a direita tá maravilh

    1. Rsrsrs. A característica é restrita à imprensa? Acho que não. Os que fazem comentários também padecem deste mal.

  31. Essas conversas são tão idiotas.Olha o grau em q estamos.Um maldito tem q,mesmo estando armado,ser c fuzil e estar atirando p ser considerado hostil.Bando de ovelhas no abatedouro.Imbecis.

  32. O assunto é sério e vem sendo tratado com leviandade. É preciso MUITO abate seletivo no RJ. A probabilidade de um médico portar um fuzil é menor do que a de todo mundo soltar um peido ao mesmo te

  33. Atirar primeiro e perguntar depois será com os PPPs, mesmo que o fuzil seja uma furadeira, ou um guarda-chuva. Já aconteceu, por que não se repetiria? Já se vê que esse general é cabo.

  34. Já teve gente abatida por que portava uma furadeira, sua ferramenta de trabalho. O “snipe pensou” que era uma sub-metrlhadora. O trabalhador foi sepultado e o snipe……deve estar por aí.

    1. Não tem nem que pedir licença, ou esperar começar o confronto pra por em risco a vida do policial, ou esperar o bandido apontar a arma, tem que atirar com o sniper mesmo. Tá simples.

    1. Acho que não entendeu o comentário do antagonista, o comentário dele é irônico exatamente para mostrar que não existe comerciante ou medico de bem que porte fuzil, e que não haveria erro no ab

    1. Desculpe, amigo, mas para ser vendedor ambulante é necessária honestidade e força de caráter, coisa que esses jornaleiros não possuem.

    1. Mas o Teophilo poderia ser mais politicamente incorreto, na resposta dele. Tipo, dizer que tem qu abater bandidos de fuzil mesmo, estejam eles em confronto ou não.

    1. Se a pessoa digitar “bandidos desfilando de fuzil”, ou “jogo de futebol com fuzil”, a pessoa verá uma série de situações onde os bandidos poderiam ser perfeitamente abatidos.

    2. Não é necessário usar drogas para ser esquerdopata ou jornalista como a maioria dos que estão por aí, basta ter uma doença cerebral degenerativa.