UGT acredita que Bolsonaro vai desistir da extinção do Ministério do Trabalho

A União Geral dos Trabalhadores (UGT) acredita que Jair Bolsonaro vai voltar atrás na decisão de extinguir o Ministério do Trabalho.

“Acredito que ele [Bolsonaro] vai desistir, da mesma forma que fez com a [proposta de a] Agricultura se unificar com o Meio Ambiente. Acho que vai prevalecer uma opção equilibrada, pelos discursos que ele tem feito, em nome de toda a população”, disse Ricardo Patah, presidente da UGT, ao Valor.

Comentários

  • José -

    Fundaram a CGT, mas como a mamata era muito boa criaram mais umas 10 dessas organizações que atuam para todos os trabalhadores além dos 17 mil sindicatos e federações. Tem que acabar m

  • Raimundo -

    Muita gente resignada com os próprios erros! É como querer a falência de um banco, onde se possuem imensas dívidas! Haverá o equilíbrio, pois não há corrupção entre os servidores concursados

  • Marcelo -

    É velha essa tática de botar uma fala ou uma idéia na boca e na cabeça do eleito, para ver se cola, jogando a responsabilidade para este último.

Ler 47 comentários